Shows

Música ao Vivo

Conheça os nossos artistas residentes e a nossa base de trabalho.

Siga a nossa agenda para este mês:
Fique atento!

De Terça a Sábado

Terça, Quarta e Quinta-feira

Horário da casa: das 19h à meia-noite

Venha jantar!

Há JAZZ!

Sexta-feira

Horário da casa: das 19h às 01h

Venha e jante!

Há JAZZ!

Sábado

Horário da casa: das 19h às o1h

Venha e jante!

Há JAZZ!

 

BANDA RESIDENTE

PIANO

Emílio Robalo​

CONTRABAIXO

Michael Ross

SAXOFONE

Álvaro Pimentel

BATERIA

Lázaro Raposo

Diretor Musical

Nasceu em Angola a 5 de Fevereiro de 1965. Com seis anos de idade foi para a ilha de S. Miguel fixando residência na freguesia de Ginetes.
Iniciou a sua aprendizagem musical numa Filarmónica estudando Saxofone. e mais tarde ingressou nas Forças Armadas Portuguesas. Como aprendiz fez parte da Banda Militar dos Açores. Estudou e aprendeu a tocar o Fagote, instrumento então inexistente nos Açores. Estagiou na Banda Nacional Republicana, mais conhecida pela GNR, fez o curso de música na Escola de Sargentos Músicos do Exército, em Lisboa, onde completou as cadeiras de instrumentação, acústica, harmonia, solfejo, composição, história da música, teoria musical, solfejo entoado, e simultaneamente Fagote, tendo vindo a ser o primeiro Fagotista profissional açoriano. Após ter deixado a vida militar, actuou no Algarve, Inglaterra, Estados Unidos d’América, e Canadá.
Na escola de música Harmony Music School of Cambridge, leccionou Saxofone e Educação Musical.
Como Saxofonista: actuou a solo, acompanhado por vários nomes do Jazz canadiano e inglês, e participou na gravação de trabalhos discográficos de artistas de várias nacionalidades.
Regressou à ilha de S. Miguel, Açores, em 2002. Naquela ilha fez parte de alguns projectos açorianos na área do Rock e participou, com muita frequência, em espectáculos a solo e acompanhando outros artistas.
Hoje desempenha funções de saxofonista e diretor musical do quarteto de Jazz desta casa.

 

UMA VEZ POR MÊS

No jazz, JAM significa tocar sem saber o que vem à frente, tocar de improviso.
Nos clubes de jazz é comum que, após o número principal, os músicos presentes sejam convidados a subir ao palco e tocar com a banda sem nenhum ensaio prévio.

Uma vez por mês, o Lava Jazz oferece uma noite de Jazz Jam Session, onde os músicos podem aparecer para ouvir, tocar e conviver.
A noite é para os músicos!
Esteja já dentro do jazz ou não, se tem vontade de tocar ou cantar um pouco, experimentar ou simplesmente apreciar a sua espontaneidade, então venha!

Sara Silva

Uma vez por mês o nosso quarteto recebe a fabulosa Sara Silva para duas noites de jazz e voz.
Nasceu em Coimbra em agosto de 1987.
Desde cedo Sara Silva descobriu o gosto pela música.
Apesar de cantar cedo, a sua carreira musical teve início em 2005, quando frequentou o Curso de Jazz Free na Escola “Site of Sound's”, em Coimbra, durante 5 anos. Ela participou em vários projetos associados à Escola de Jazz, trabalhando com professores e alunos.
Em 2011, mudou-se para a Ilha de São Miguel, onde esteve envolvida em projetos musicais com nomes de Jazz locais como Mike Ross, Terinho Mumbanda, entre outros.
Sara aceitou o desafio de se juntar ao Lava Jazz Quartet, sendo a nossa cantora residente já há 3 anos!

Alfredo Molina

Uma vez por mês o nosso quarteto recebe Alfredo Molina para duas noites de jazz latino.

Nasceu em abri de 1966 em Havana Cuba.
Musico percussionista há mais de 30 anos, formado no Conservatório Nacional Superior de música Ignácio Cervantes.
Iniciou a sua vida profissional em casas de espectáculo de renome mundial tais como Tropicana e Cabaret Parisiense.
Participou em vários festivais de jazz internacionais de Havana e festivais internacionais de bolero acompanhando artistas de renome nacional e internacional tais como: Isolina Carrillo, Fernando Alvares, Moncho (cigano do Bolero), Paco de Luzia, Michel Camilo entre outros.
Chega a Portugal para ingressar a Expo98, acabando por ficar no país onde passou por casas como o Casino de Vilamoura, Palácio da Salsa de Albufeira, Clube de Jazz de Vilamoura, Tclub, entre outros...
Em 2001 surgiu o convite para trabalhar nos Açores, ressaltando a criação de "La Mescla" com o saxofonista Michael Smith e permitindo, com esse projecto, uma maior divulgação do jazz latino, com a participação de grandes músicos de jazz tais como: John Blum, Michael Wimberly, Michael Ross, Ogi Jaz, entre outros.

© 2019 by Atalhos de Lava - Produções

Imagens de fundo de: Vitor Bezerra

  • Facebook Lava Jazz
  • Instagram Lava Jazz
  • TripAdvisor Lava Jazz
  • icon
  • YouTube Lava Jazz
  • Yelp Lava Jazz
  • fousquare